Novos Voos - Take Two

quinta-feira, fevereiro 09, 2006
Um livro á 4ª (atrasado) e um filme à 5ª - Neruda em ambos

97521095_6a9680b39d_o.jpg97521094_c91fd86ae7_m.jpg

Ontem foi um dia acidentado, ou melhor, foi a ressaca de um dia acidentado, o que provocou a minha ausência por aqui, e com ela a falta no livro à 4ª feira. E como já não haveria volta a dar, aproveito e recomendo-o hoje, juntamente com o filme à 5ª feira, até porque estão ligados umbilicalmente.
E se do livro pouco haverá a dizer, senão que é uma das obras maiores do génio poético de Pablo Neruda, do filme há a referir o seu lirismo e a sua beleza quase irreal.
Nele se dá conta de uma permuta incomum: enquanto Neruda ensina o seu Carteiro, que o venera de uma forma intensa, a escrever cartas de amor, com as quais conquistará a sua paixão, o Carteiro paga-lhe com uma amizade que rompe todas as barreiras culturais existentes entre os dois.
Trata-se de uma história pungente e extraordinária, que nunca deixará o espectador indiferente.
Refiro que Mario, o Carteiro, foi interpretado por Massimo Troisi, na altura já com uma saúde muito precária, mas que por ter ficado assombrado com o guião, não desistiu do papel que lhe ofereciam, tendo falecido logo após o fim das rodagens.

postino


Me gusta uando calas, de Pablo Neruda
Escrito por: VdeAlmeida, em 2/09/2006 01:15:00 da tarde | Permalink | |


8 Comments:


  • At 3:01 da tarde, Blogger Naked Lunch

    o filme é liiiindo. este ano estive nas ilhas eoli...  
  • At 5:23 da tarde, Blogger augustoM

    Fizeste bem em lembrar Pablo Neruda, nunca é demais.
    Um abraço. Augusto  
  • At 10:38 da tarde, Blogger merdinhas

    O actor que fazia de carteiro morreu durante as filmagens...
    Engraçada a história do carteiro do poeta chileno na Ilha negra.  
  • At 7:45 da manhã, Blogger Marques

    Tenho imensa vontade de ler mais poesia do Neruda. Conheço pouco. Boa sugestão.  
  • At 10:44 da manhã, Blogger merdinhas

    O carteiro numa ilha de metáforas. ..  
  • At 12:52 da tarde, Blogger sofia3r

    O filme é daqueles para ver e rever, quanto ao poeta tenho que conhecer melhor mas daquilo que li, falava de amor como poucos.  
  • At 7:00 da tarde, Blogger Å®t_Øf_£övë

    Yardbird,
    Gostei das tuas sugestões. Vou procurar ler o livro, e ver o filme que sugeres.
    Abraço.  
  • At 9:41 da manhã, Blogger Yardbird

    Amigas e amigos, como vêm regressei, e mais uma vez fiquei sensibilizado com os vossos cuidados. Estou bem como podem constatar e se não avisei antecipadamente da ausência, foi porque o ócio tomou antecipadamente conta de mim e me fez esquecer essa obrigação básica.
    Mais uma vez obrigado. Beijinhos e abraços
    Victor  
Estou no Blog.com.pt